Transformar e apoiar a educação é sempre a missão de uma edtech - startup dedicada a área educacional -, mas além das boas ideias, entusiasmo e dedicação, projetos promissores podem voar mais alto com a proposta global do GESAwards - Global EdTech Startups Awards Competition –, a maior competição de edtechs do mundo.  

A iniciativa, além de promover as edtechs mais promissoras do mundo, fornece mentoria e ajuda a construir ecossistemas locais de startups para educação, conectando-as a um mercado global. Tudo isso para apoiar a revolução na educação contribuindo com a aprendizagem de diversas formas.  

Mais de 3.500 startups de todo o mundo já se inscreveram no GESAwards, pela oportunidade de ter uma voz global. No Brasil, desde 2018, a etapa nacional é liderada pelo Educacional – Ecossistema de Tecnologia e Inovação. A edtech vencedora dessa etapa representará o país no mundial de 2022, em Londres.  

Como participar do GESAwards Brazil 2021  

Para participar da semifinal do GESAwards Brazil 2021 é preciso inscrever a sua edtech até o dia 10 de outubro no link https://bit.ly/ges-awards.  

A semifinal brasileira acontece no dia 18 de novembro e classifica a edtech vencedora para ir a grande final em Londres, com todas as despesas pagas pelo Educacional, além da oportunidade de participar de bootcamps, mentorias e rodadas de negócios com experts de todo o mundo.    

 

Edtech campeã brasileira em 2020

A Key2Enable foi a grande vencedora do GESAwards Brazil 2020. Com uma tecnologia que dá autonomia e capacita pessoas com deficiência a desenvolverem suas habilidades e individualidades, a Key2Enable desenvolveu uma série de ferramentas para permitir a inclusão de teclado inteligente multifuncional a um óculos que pode ser comandado por piscadas dos olhos via aplicativo, o objetivo da Edtech é criar muitas possibilidades a pessoas com deficiência motora e intelectual em todo o mundo.  

Sobre o GESAwards

A competição mundial GESAwards foi criada pela MindCET, Centro de Inovação e Tecnologia Educacional, de Israel. Hoje a competição recebe apoio de outras instituições mundiais ligadas à educação, como o Educacional.